Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • UFC Figth Night - Glover Teixeira x Rashad Evans.


    Comentários sobre o UFC Figth Night - Glover Teixeira x Rashad Evans.
    Por Alexandre Freire, advogado e cronista esportivo.
    No sábado passado, dia 16, foi realizado o UFC Figth Night - Glover Teixeira x Rashad Evans. Embora não tenha contado com muitos nomes do primeiro escalão do MMA, os fãs do referido esporte viram ótimas lutas. O Brasil esteve muito bem representado pelos seus atletas. Glover Teixeira, Elizeu Capoeira e Cezar Mutante brilharam e venceram seus oponentes. Já os brasileiros Bethe Correia e Hacran Dias não tiveram uma noite inspirada e foram derrotados.
    Glover Teixeira era o favorito para vencer Rashad Evans, mas superou as expectativas do público. O lutador mineiro acuou o rival, aplicou uma sequência de socos e o nocauteou em menos de dois minutos de combate. Com a vitória, o nosso compatriota melhorou sua posição no ranking e desafiou Anthony Johnson. Dana White, presidente do UFC gostou da ideia e deve marcar a peleja em breve. Esse confronto será muito equilibrado, mas penso que Glover terá muitas dificuldades para superar o lutador da academia Blackzilians. Isso porque Johnson é dono de uma força descomunal, tem queixo duro e é muito difícil de ser derrubado. A chance de Teixeira vencer reside no seu domínio das técnicas de jiu-jítsu, mas acho improvável que ele consiga colocar o atleta dos Estados Unidos para baixo. Tomara que eu esteja equivocado nas minhas previsões.
    Cezar Mutante, por sua vez, demonstrou que evoluiu em relação às suas últimas participações no UFC. O paulista adotou uma estratégia inteligente e anulou as virtudes do nova-iorquino de origem nigeriana, Oluwale Bamgbose. No início do combate, Mutante foi bastante pressionado pelo oponente, mas teve calma e sabedoria para reverter a situações de perigo. Em seguida, passou a explorar as deficiências do adversário no solo e venceu com méritos. A decisão dos árbitros laterais foi unânime.
    Elizeu Capoeira vinha de um revés na sua estreia e precisava ganhar para não ficar ameaçado de demissão. Dessa vez, ele lutou muito bem e derrotou Omari Akhmedov. Depois de insistir em finalizações, o brasileiro passou a apostar na troca de golpes com o russo e se deu bem. Vitória por nocaute.
    Entre os estrangeiros, destaque para as atuações de Santiago Ponzinibbio. Khabib Nurmagumedov, John Dodson e Michael Chiesa.
     



Publicidade

Histórico

2016
2017
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia